Os Aposentos de Hades e Perséfone

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Deméter em Sex Dez 12, 2014 12:13 am

O Quarto
Os aposentos do Deus do Submundo e de sua esposa são bem organizados. Tem uma cama de casal grande com lençóis escuros de seda e travesseiros macios. As cortinas são pretas e próxima da janela ficam dois jarros de rosas. Da janela da direita, a visão pro Rio Estige e pros Campos da Punição são formidáveis, enquanto da janela esquerda a visão se dá aos Jardins de Perséfone. Nas paredes tem quadros com os feitos de Hades, incluindo a Titanomaquia e o Rapto de Perséfone pro submundo.


Thanks to +Lia atOps
avatar
Deméter
Deuses
Deuses

Mensagens : 17
Data de inscrição : 04/12/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
100/100  (100/100)
Energia (Ep):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Perséfone em Sex Dez 12, 2014 1:13 am



Muitos poderiam dizer que passar parte de sua existência no submundo era algo penoso, afinal ali era o lugar por onde muitas almas vagavam eternamente em seu suplício. No entanto havia algo naquele lugar que fazia cada dia ali valer a pena, esse algo era Hades. A bela deusa poderia ter o deus que desejasse, sua beleza era tão estonteante quanto à da deusa da beleza, mas não havia outro lugar que ela quisesse estar, desejava apenas estar ao lado dele. Sabia que nem sempre ele era fiel, seu esposo era dono de uma beleza que fascinava não só as mortais, mas também outras deusas até a própria Hera e mesmo assim a jovem Deusa permanecia ao lado do Deus do Submundo, afinal era sempre para os seus braços que ele voltava.

A Deusa estava deitada em sua enorme cama, suas mãos delicadas deslizavam sobre os lençóis procurando alguém ao seu lado, mas notou que estava sozinha. A Deusa respirou fundo e semicerrou os olhos, aproveitou e puxou um pouco mais os lençóis cobrindo seu corpo até a altura do colo. Seus cabelos estavam espalhados pela cama e seu corpo ainda arrepiava um pouco devido a brisa fria que entrava pela janela do lado direito do quarto. Tentava imaginar onde o senhor daquele lugar estaria, deixando sua jovem esposa sozinha na cama apenas enrolada nos lençóis. Um sorriso singelo e um pouco malicioso desenhou-se nos lábios de Perséfone que, se virou na cama ficando de bruços, pensando se deveria dormir ou não um pouco mais.  

Love
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
100/100  (100/100)
Energia (Ep):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Hades em Sex Dez 12, 2014 2:29 am

+18, LEIA SE QUISER! SEU TARADO:


PerséfoneLet's Get It On

Cada vez mais eu achava que meu irmão estava passando dos limites, desde quando invocar uma reunião dos três grandes tudo porque ele quebrou uma unha? Patético.
Lembrava muito bem de como minha noite tinha sido agitada com minha esposa, e em como estou sentindo ódio de Zeus por me tirar da cama e consequentemente de seus braços. Entrei em meu palácio, parando apenas por alguns instantes para jogar um osso para Cérberus na entrada. Desfiz o nó da gravata e o deixei frouxo enquanto caminhava para meu quarto, esperando que Perséfone ainda estivesse dormindo.
Abri a porta com cuidado para não fazer barulho e tirei os sapatos. Me virei para olhar minha bela esposa coberta com apenas um lençol, deixando partes de sua deliciosa pele a mostra. Tirei o terno e a camisa, e a calça social, ficando com apenas o que os mortais chamam de cueca. Me aproximei da cama e me aconcheguei a minha esposa, a beijei no tornozelo. Deixei um rastro de beijos e leves mordidas, lentamente, roçando pela parte interna das coxas, primeiro uma, depois a outra, detendo-se antes de chegar ao ponto quente entre as coxas de minha esposa.
Pulei seu ventre, onde já podia sentir certa umidade se formar, beijei a região da virilha, depois ao redor do umbigo, subi ao vale de seus seios, mordi seu pescoço, suguei seu lóbulo, e passei a língua em sua boca sem beijá-la. Encarei seus olhos com um olhar malicioso e divertido. -Te acordei, meu amor? Perguntei sem tirar o sorriso do rosto.
avatar
Hades
Deuses
Deuses

Mensagens : 50
Data de inscrição : 18/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
10000/10000  (10000/10000)
Energia (Ep):
10000/10000  (10000/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Perséfone em Sex Dez 12, 2014 3:06 am

Conteúdo 18+ ; Leia por sua conta. :


Estava quase totalmente entregue ao sono quando sentiu o toque morno dos lábios de seu amado em sua pele, não precisava abrir os olhos para saber que era seu esposo. Seu corpo arrepiou-se todo e mordeu o lábio inferior com um pouco de força a medida que os beijos subiam por suas pernas e coxas de forma tão gostosa e provocativa. Ele era detalhista e jamais deixava um pequeno lugar sem receber um beijo ou uma mordida, ao sentir os beijos em sua virilha a deusa suspirou de forma lasciva denunciando sua excitação com a situação. Seus olhos se abriram apenas para vislumbrar o deleite de seu marido com seu corpo, era assim que gostava de se sentir, desejada por aquele Deus que ousou rouba-la dos braços de sua mãe. A medida que o Deus continuava com os beijos Perséfone levou a mão aos fios de cabelo dele entrelaçando seus dedos neles, ela o encarou nos olhos todo o tempo, até que finalmente estavam um de frente para o outro.

— Acordou da melhor forma possível meu amor. — A Deusa fez uma pausa e beijou brevemente o marido. — Por onde esteve?

A Deusa deixou que suas mãos deslizassem pelo pescoço dele e em seguida as guiou até o cós daquela única peça de roupa que ali estava. Ela o olhou com um olhar inocente e ao mesmo tempo malicioso e mordeu levemente os lábios do marido. Uma das mãos foi até o que realmente procurava apertando de leve, apenas para sentir o despertar do corpo do deus. Suas pernas se entrelaçaram as dele e com a outra mão puxou o lençol com delicadeza, deixando seu corpo totalmente exposto para que ele visualizasse suas formas sinuosas e convidativas, quer pertenciam apenas a ele.
 

Love
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
100/100  (100/100)
Energia (Ep):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Hades em Sex Dez 12, 2014 3:30 am

+18, LEIA SE QUISER! SEU TARADO:


PerséfoneLet's Get It On

Me lembrava como se ainda fosse ontem do dia em que roubei minha bela Perséfone dos braços da velha gagá que ela chama de mãe. -Estive ocupado com meu irmão. Aparentemente ele está levando a sério a questão de ser gay. Disse antes de sentir seus dedos em meu couro cabeludo e sua mão pressionar meu membro.
Eu tentei, ele realmente tentei acariciá-la, beijei seus seios por alguns segundos, mas não agüentei mais que isso. Quase sempre era assim, um desejo desesperado, intenso e desmedido, que em vez de ser aplacado pelas intermináveis horas de amor que compartilhamos, apenas aumentavam mais e mais.
Minha esposa não me ajudava muito me tocando daquela forma, apertando meu membro daquela forma, arranhando meu cabelo e pedindo avidamente por mais através do olhar, tirei minha cueca e em instantes, estava em seu interior quente, movimentando-me de maneira rápida e forte, meus lábios avermelhando a pele branca dela, seus dentes arranhando a pele macia de seu pescoço.
avatar
Hades
Deuses
Deuses

Mensagens : 50
Data de inscrição : 18/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
10000/10000  (10000/10000)
Energia (Ep):
10000/10000  (10000/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Perséfone em Sex Dez 12, 2014 4:07 am

CONTEÚDO 18+ ; LEIA POR SUA CONTA. ::


Perséfone sorriu ao ouvir o comentário do marido sobre o irmão, pensou na peculiaridade dos laços familiares que tinham, mas achou melhor deixar isso para outra ocasião.  Naquele momento apenas desejava saciar a luxuria que já consumia seu corpo, mesmo depois de infindáveis eras, todas as noites eram como a primeira vez que se amaram naqueles lençóis. A deusa podia ver nos olhos de seu esposo que o corpo dele necessitava do seu, mas mesmo assim ele insistia em beija-la e acaricia-la. Os lábios macios distribuíram beijos por seus seios, arrancando gemidos baixos dos lábios da deusa que se quer conseguia tirar olhos dele, sua mão apertava levemente o membro que pulsava deixando Perséfone com mais desejo ainda.

Seus corpos, no entanto não resistiam muito tempo as caricias e logo o deus se despiu por completo, sem pudor algum possuiu o corpo da esposa, arrancando um gemido lascivo dos lábios dela. Naquele instante sentiu-se completa, suas unhas marcaram a pele do deus e sua cabeça pendeu-se para trás deixando o pescoço livre para que ele distribuísse mordidas e beijos. Suas pernas suavemente se afastaram um pouco mais permitindo que seu marido se encaixasse melhor em seu corpo, sentindo-o dentro de si de uma forma ainda mais intensa. As vezes perguntava-se se tamanho desejo era obra de Afrodite, mas naquele instante pouco se importava, apenas queria saciar o desejo de seu marido.

A medida que ele a movimentava-se de maneira rápida e forte o corpo de Perséfone ficava ainda mais quente, uma das mãos dela foi até o próprio seio o apertando de leve e se havia uma coisa que ela sabia, era o quão tórrido eram os momentos entre os dois. Suas pernas entrelaçaram-se as dele fazendo com quem seu esposo a penetrasse de forma ainda mais intensa e arrancando gemidos roucos de prazer dela.


Love
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
100/100  (100/100)
Energia (Ep):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Hades em Sex Dez 12, 2014 4:36 am

+18, LEIA SE QUISER! SEU TARADO:


PerséfoneLet's Get It On

Nenhum de nós dois falou qualquer coisa, nada, absolutamente nada. Não havia nada além do som dos nossos gemidos abafados e roucos, do roçar dos corpos. Segurei forte o cabelo, e desci a outra mão até as nádegas da deusa. Mais uma firme estocada e sorri tomando seus lábios em um beijo furioso. Minha mão em sua nádega apertava com certa força e eu tenho certeza que deixaria alguma marca, não que eu ligasse para isso. Cada vez mais eu me movimentava com mais força e rapidez, meus dedos da mão livre passaram a brincar com seu clítoris. Perséfone não era apenas mais uma simples transa, era mais que isso, posso não ser o mais fiel dos deuses, que Hera o diga, mas algo sempre me atraia de volta para minha deusa.

avatar
Hades
Deuses
Deuses

Mensagens : 50
Data de inscrição : 18/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
10000/10000  (10000/10000)
Energia (Ep):
10000/10000  (10000/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Perséfone em Sab Dez 13, 2014 1:21 am

CONTEÚDO 18+ ; LEIA POR SUA CONTA:


O único desejo que tinha a deusa possuía naquele instante é que tudo aquilo não tivesse fim, pois não havia nada de melhor do que sentir-se uma só com Hades. A pressão que a mão dele exercia em seu corpo arrancava suspiros e gemidos roucos da deusa, que se deliciava com o corpo de formas perfeitas do Deus, sua mão sem puder percorriam o corpo dele, suas unhas deixavam leves marcas na pele branca como mármore. Perséfone arfava de prazer com o ritmo das estocadas e quando seus lábios se chocaram a Deusa retribuiu o beijo igualmente, deixando que sua língua sentisse cada parte da boca dele. Não conteve seu desejo e mordeu levemente os lábios dele ao fim do beijo, sua mão repousou na nuca dele e seus olhos o encararam profundamente, a deusa trazia um sorriso malicioso nos lábios e passou a língua lentamente pelos seus.

Perséfone poderia ser uma deusa bela e delicada perante todos os outros, mas quando estava com seu marido em sua cama, era uma amante perfeita, moldada de acordo com os caprichos do senhor do submundo. Suas duas mãos repousaram no ombro do Deus, enquanto ela jogou seu peso contra o corpo dele, indicando que queria inverter as posições, em alguns segundos já estava por cima com um sorriso malicioso. Seus corpos não havia se separado um segundo se quer, ela o olhava de forma inocente e ao mesmo tempo provocativa, enquanto movimentava seu quadril de forma lenta para frente e para trás. Suas mãos viajavam por seu próprio corpo, desde o pescoço, descendo pelos seios onde os apertou levemente e pendeu a cabeça para trás. Sim... Ela estava se exibindo para ele, a ponto de deixar sua própria pele vermelha, enquanto de forma torturante e lenta movimentava seu quadril, deixando escapar por seus lábios gemidos baixos de prazer.  

Love
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
100/100  (100/100)
Energia (Ep):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Hera em Sab Dez 13, 2014 1:55 am

Outras formas de Amar


”+18; Somente para quem tem estômago forte e mente aberta”:
Em outros tempos eu estaria nos meus piores dias, dados os últimos acontecimentos. Os deuses estavam prestes à entrar em uma nova guerra, dividindo-se em lados diferentes. Zeus que deveria estar preparando suas forças contra Hipnos, estava cada vez mais ausente obrigando a mim, sua devotada esposa, a tomar papel de líder nessa história. Ao menos eu estava tendo ajuda de alguns amigos, principalmente Perséfone o que fez com que nos tornássemos bastante intimas por assim dizer.

Sei que muitos me julgarão por éons por conta das novas posturas que estou tomando, mas no fim isso pouco me importa. Sou uma deusa e não devo satisfação a ninguém, seja mortal ou imortal. Zeus que deveria preocupar-se mal vê o que se passa debaixo de seu nariz, concentrando-se mais em suas diversões com Ganimedes. Os tempos estão mudados e com eles eu também mudei.

Cansada de ouvir discussão entre os chatos dos meus irmãos, sobrinhos e afins, encontrei uma forma de sair sem que notassem minha ausência. Meu destino? Um lugar bem distante do Olimpo. Um pouco mais no submundo da terra, digamos assim!

Não demorei muito para chegar ao palácio de Perséfone (prefiro dizer que é dela do que de Hades, afinal quem manda de verdade no submundo é ela). Ao passar por Cérbero joguei algumas barras da maravilha mortal chamada chocolate. Ouvi dizer que é tóxico para cães, mas duvido que algo possa fazer mal aquele animal que o deus do submundo insiste em criar. Prefiro meu pavão.

Entrei sem fazer barulho nas dependências do castelo, parando somente quando estava no quarto dos deuses. Pude apreciar o exato momento em que Hades, ao seu estilo dominador, investia fortes estocadas em sua esposa. Enquanto despia-me lentamente, sentia o calor atingir meu corpo, em especial as maçãs de meu rosto que ruborizavam intensamente a cada gemido de prazer que ambos deixavam escapar.

Mantendo-me apenas de lingerie preta, que escolhi especialmente pensando nas possíveis consequências de minha visita. Estava atrasada obviamente. Contudo, não era tarde demais para incrementar a brincadeira.

Sorrindo, aproximei-me dos dois, tendo uma vista privilegiada do instante em que Perséfone se colocou por cima de Hades, intensificando ainda mais a tortura prazerosa daquela transa, ou melhor dizendo, daquele ato de amor incondicional. De forma curiosa, sentia-me grata por poder participar de tal relação.

Subindo na cama e atraindo enfim a atenção dos dois para minha chegada, me coloquei logo atrás da deusa ruiva, enrolando seus cabelos em minha mão, dando algumas voltas até meus dedos tocarem sua cabeça numa atitude dominadora, assim como a dela. Meus lábios úmidos desejo começaram a passear pelo pescoço alvo da deusa, juntamente com minha língua que caminhava por sua pele, sorvendo o seu sabor.

O cheiro de flores de Perséfone me inundava as narinas. Minha mão livre acariciava com veemência o encontro do corpo dela com o membro rígido de Hades. Com um pouco de esforço, aos poucos senti meu dedo lhe penetrar. Com claro desejo, meus olhos fitavam os olhos do deus num explicito desafio.


notes: - Cheguei amores! music: - She Wolf (Falling To Pieces), apparel: Roupa
credits @
avatar
Hera
Deuses
Deuses

Mensagens : 7
Data de inscrição : 04/12/2014

Ficha Divina
Nível: Supremo
Hp:
1000/1000  (1000/1000)
Energia (Ep):
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Hades em Sab Dez 13, 2014 2:42 am

+18, LEIA SE QUISER! SEU TARADO:


Perséfone e HeraLet's Get It On

Eu ignorava a leve ardência causada por suas unhas em meu corpo, isso só faz parte de um dos indicativos de que ela esta gostando do que estou fazendo. Senti suas mãos pousarem sobre meu ombro e sua leve pressão ali para tentar virar nossa posição. Uma leve camada de suor brilhava nas minhas costas e eu sabia que sendo mais forte e maior do que ela, não precisava ceder seu desejo, mas me deixei virar e vi os movimentos passarem de rápidos para lentos, quase uma tortura.
Soltei um gemido rouco quando a vi se tocar, como se estivesse se exibindo para mim, levei minhas mãos ao seus seios e os acariciei com firmeza e delicadeza, esfregando o polegar sobre os mamilos e depois pressionando-os. Escorreguei minhas mãos de seu seio para sua cintura na intensão de ajudá-la com a intensidade dos movimentos, e foi ai que senti um peso na cama e pude ver uma Hera seminua se aproximar de minha esposa e começar a beijar-lhe o pescoço. Continuei a controlar a intensidade dos movimentos de Perséfone, mas meus olhos não deixaram os da rainha do olimpo, com pura malícia refletida. Aquela era a cena mais erótica que havia visto em muito, muito tempo e eu estava adorando.

avatar
Hades
Deuses
Deuses

Mensagens : 50
Data de inscrição : 18/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
10000/10000  (10000/10000)
Energia (Ep):
10000/10000  (10000/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Perséfone em Dom Dez 14, 2014 4:50 am

CONTEÚDO 18+ ; LEIA POR SUA CONTA::


Hades não era do tipo que deixava a esposa comandar a relação na cama, mas sempre cedia aos caprichos da deusa. Suas pupilas estavam dilatas, sentia as mãos dele em sua cintura guiando seus movimentos. Os gemidos roucos misturavam-se com o som do encontro de seus corpos, podia sentir as gotas de suor escorrer por seu corpo, sentia as estocadas cada vez mais profundas fazendo os gemidos tornarem-se cada vez mais intensos, suas mãos repousaram no peito do deus, deixando a pele avermelhada, mas não arranhada. A Deusa trazia em seu rosto uma expressão luxuriosa, aos poucos as estocadas ficavam mais rápidas e fortes, Perséfone sentia seu corpo em chamas como brasa ardente, o desejo percorria todo seu corpo intensificando todas as suas sensações.

Somente percebeu que tinha visita em sua cama quando sentiu a mão de Hera enrolar em seus cabelos, de forma dominadora puxou os fios arrancando um gemido rouco de sues lábios e suas unhas deslizaram pelo corpo de Hades. Jamais imaginava ter a presa da rainha do Olimpo em sua cama, apesar de saber que seu marido se deitava com ela. Não a culpava por isso, Zeus agora se divertia com rapazes e comprando alguma bobagem no mundo mortal que chamavam de roupas ou arrumando os cabelos  mais que Afrodite. Olhou por cima do ombro e a viu usando uma lingerie preta, contrastando com sua pele pálida. Ainda que estivesse sendo possuída por seu marido, a visão de Hera fez um enorme desejo crescer dentro de si, que apenas aumentou ao sentir os lábios e a língua de Hera em sua pele.

Não costumava gemer alto, mas sentir as caricias da Deusa no encontro de seu corpo com o do seu marido fez a deusa ruiva arfar cada vez, respirando de forma descompassada, Perséfone podia quase sentir o membro de Hades sair de dentro de si e em seguida estava totalmente em seu ventre. Um gemido alto cheio de prazer ecoou pelo quarto quando sentiu o dedo da Deusa a penetrar junto com o membro de seu marido, Perséfone acabou por inclinar seu corpo mais para frente e empinar seu quadril um pouco mais, facilitando assim para os dois deuses continuarem o que fazia. Seu olhar procurou o de Hades, no entanto notou que ele encarava Hera. Naquele momento desejava que os dois estivessem competindo quem seria aquele a dar mais prazer a jovem deusa.

Love
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
100/100  (100/100)
Energia (Ep):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Hera em Dom Dez 14, 2014 1:01 pm

Outras formas de Amar


”+18; Somente para quem tem estômago forte e mente aberta”:
Estranhamente, os gemidos da deusa aumentavam ainda mais a minha excitação. Vê-la dominada, tanto por mim quanto por Hades era algo incrível, pois Perséfone era naquele momento uma doce mistura de fragilidade e luxuria.

Por muito tempo julguei Ártemis por preferir a companhia de suas caçadoras ao invés de procurar um deus que lhe completasse. Agora eu entendia os seus motivos!

Beijando Perséfone, saboreando o gosto e aroma da sua pele, cheguei a quase esquecer-me do terceiro componente daquele momento. Abaixo da ruiva, Hades era um feliz observador. Naturalmente, instalara-se ali um jogo de prazer, uma disputa para medir quem era capaz de levar a rainha do submundo ao êxtase primeiro. Aceitei o desafio!

Lentamente meus lábios vagaram pelas costas da deusa, seguindo um caminho lento até as suas nádegas, que devido aos fervorosos movimentos, encontravam-se avermelhadas. Mordiscando a pele macia e delicada, causando uma mistura de dor e possivelmente prazer a jovem, complementei levando minhas mãos até a sua barriga, acariciando-a e arranhando levemente. Podia sentir a respiração ofegante da ruiva, enquanto a de Hades era claramente audível.

Saindo da posição atual, me pus à frente de Perséfone, dividindo minhas pernas sobre o peitoral definido do deus do submundo. Reduzindo em seguida a distância do meu rosto com o de Perséfone a zero, beijei-lhe exteriorizando os meus desejos.

Sentia o sabor de sua boca e acariciava com delicadeza seus seios, que logo se encontraram envoltos por meus lábios, revezando-se continuamente na tentativa de elevar as sensações da outra ao máximo. Em minha mente uma única pergunta se formava: Será que Hades daria conta de duas deusas ao mesmo tempo?


notes: - ♥ music: - She Wolf (Falling To Pieces), apparel: Roupa
credits @
avatar
Hera
Deuses
Deuses

Mensagens : 7
Data de inscrição : 04/12/2014

Ficha Divina
Nível: Supremo
Hp:
1000/1000  (1000/1000)
Energia (Ep):
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Hades em Seg Dez 15, 2014 12:40 am

+18, LEIA SE QUISER! SEU TARADO:


Perséfone e HeraLet's Get It On

Eu podia sentir as paredes de minha esposa se contrair, como se anunciassem que seu clímax estivesse mais próximo. Hera parecia se divertir explorando o corpo de Persefone e eu me divertia fodendo minha mulher, até o instante em que a rainha do Olimpo também resolveu montar em mim, de frente para minha esposa.
Passei minhas mãos por suas coxas e soltei seu sutiã, aproveitando para acariciar seus seios, depois desci minha mão direita por sua barriga e toquei seu sexo úmido por dentro de sua calcinha. Usei meu dedo do meio para penetrá-la lentamente de maneira que parecesse uma provocação.
Os gemidos de nós três pareciam uma sinfonia de prazer, e eu me sentia um viciado, louco por mais.

avatar
Hades
Deuses
Deuses

Mensagens : 50
Data de inscrição : 18/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
10000/10000  (10000/10000)
Energia (Ep):
10000/10000  (10000/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Perséfone em Sex Dez 19, 2014 3:24 am

CONTEÚDO 18+ ; LEIA POR SUA CONTA:


A deusa pouco se importava com o que pensariam se soubessem o que estava acontecendo ali e além do mais, quem ousaria falar algo sobre Hades? A ruiva deu um sorriso malicioso a medida que sentia os lábios de Hera deslizarem por  sua pele, os gemidos escapavam de forma incontrolável de seu boca e seu olhar procurava o de Hades transbordando de luxúria, no fundo sabia que o deus estava adorando aquela situação e não podia negar que ela própria também. Mordiscou o próprio lábio tamanho era o desejo que percorria seu corpo, na verdade naquele momento tentava controlar-se um pouco para não ter um orgasmo, não sabia ao certo quanto tempo conseguiria, mas tentaria.

Hera, no entanto mostrava-se bem a vontade com situação e sem pudor algum explorava o corpo da Deusa sem nenhum pudor, distribuindo mordidas e beijos em sua pele branca, arrancando mais gemidos da deusa. Perséfone fechou os olhos por um breve instante e quando os abriu novamente estava diante de Hera, a rainha do Olimpo estava sentada sobre o peitoral de Hades, a deusa das flores a encarou com um sorriso malicioso e quando deu por si, já estavam se beijando. Jamais um dia imaginou que estaria beijando Hera, mas retribuiu o beijo com igual desejo, de alguma forma Perséfone desejava Hera tanto quanto Hades, levou sua mão a nuca dela enrolando em seus cabelos enquanto a beijava em meios aos gemidos de prazer.

A boca dela era doce como um néctar e a ruiva a beijava avidamente, explorando cada canto de sua boca querendo sentir mais de seu gosto. Seu corpo todo protestou quando os lábios de Hera se afastaram dos seus, mas ao senti-lo em seus seios um gemido alto carregado de desejo escapou dos lábios dela. Seus olhos se concentraram no que ela fazia e sua mão uma vez mais enlouçou-se aos fios de cabelo dela, colando mais o rosto dela em meu seio, mas eu não sabia ao certo o que eu queria até observar um pequeno detalhe.

Hades deslizou sua mão pela pele de Hera, primeiro em suas coxas, depois soltou o sutiã negro da deusa, deixando os seios da rainha do Olimpo a mostra, os olhos da ruiva ficaram vidrados na imagem seminua da morena e mordiscou o lábio inferior enquanto observava Hades deliciar-se com os seios dela. A mão do deus desceu pela barriga dela e logo ele tocava o sexo dela com os dedos. Perséfone soltou um gemido alto e suas mãos tocaram os seios dela, os apertando de leve e sentindo o quão macios eram. Seus olhos, no entanto estavam fixos observando a mão de Hades penetrar a deusa daquela forma lenta, os gemidos dela enlouqueciam a ruiva que não aguentou e entregou-se ao ápice de seu desejo.  Sentiu seu corpo apertar o membro rijo de Hades dentro de si, os espasmos faziam seu corpo estremecer e um alto gemido de prazer ecoou por todo o quarto, enquanto Perséfone trazia nos lábios um sorriso malicioso.


Love
avatar
Perséfone
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/10/2014

Ficha Divina
Nível: 1
Hp:
100/100  (100/100)
Energia (Ep):
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Hera em Seg Dez 22, 2014 9:25 pm

Outras formas de Amar


”+18; Somente para quem tem estômago forte e mente aberta”:

Logo eu senti meu sutiã ser retirado deixando meus seios à mostra e arrepiados ao sentir o ar gélido do submundo. Essa foi apenas uma das sensações que começaram a me preencher.

As mãos quentes, firmes e fortes do deus percorreram meu corpo, fazendo cada parte vibrar de desejo. Embora Perséfone estive a centímetros de mim minha atenção fora direcionada totalmente ao homem abaixo das nossas pernas, que de forma que eu jamais havia sentido antes despertava prazer em mim.

Mordia os meus lábios na tentativa falha de conter os gemidos, que logo misturaram-se com o da ruiva. Eu e a deusa das flores nos entreolhávamos e trocávamos silenciosamente pensamentos sobre tudo aquilo que estava acontecendo.

Espasmos de prazer me guiavam. Logo coloquei minha mão sobre a de Hades, acompanhando cada movimento que ele realizava no meu sexo. As mãos delicadas de sua esposa me acariciavam os seios e eu pela primeira vez em éons de existência me senti realizada.

Assim como Perséfone cheguei ao êxtase com aquele simples toque, mas eu queria mais. Eu necessitava de mais.

Virando-me de frente para Hades, sorri com toda a malícia que me cabia e até então desconhecia. Mordendo o lábio inferior me aproximei do seu rosto, não demorando muito para beija-lo fervorosamente. Não havia amor, carinho ou sentimentos delicados naquele beijo, apenas desejo, luxuria e tesão tinha espaço naquele ato.

Minhas mãos acariciavam cada músculo se seus braços e tórax. Minhas unhas lhe arranhavam deixando uma marca pessoal no deus do submundo. Após o beijo, minha boca concentrou-se no pescoço do outro, chupando-lhe e deixando marcas, até chegar próximo de seu ouvido onde pude sussurrar: -Quero você dentro de mim... mais uma vez!


notes: - ♥ music: - She Wolf (Falling To Pieces), apparel: Roupa
credits @
avatar
Hera
Deuses
Deuses

Mensagens : 7
Data de inscrição : 04/12/2014

Ficha Divina
Nível: Supremo
Hp:
1000/1000  (1000/1000)
Energia (Ep):
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Aposentos de Hades e Perséfone

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum